botox-no-couro-cabeludo-diminui-o-suor-durante-atividade-fisica.jpeg

Botox no couro cabeludo diminui o suor durante atividade física?

Se você pratica exercícios físicos, enfrenta o dilema entre manter o corpo em forma ou os cabelos bonitos e arrumados por mais tempo. Afinal, não há cabelo que resista ao excesso de suor causado pelos exercícios. E ter que arrumar os cabelos todos os dias, além de não ser nada prático, pode prejudicar a saúde dos fios.

Mas, poderia o botox no couro cabeludo ajudar a resolver esse contratempo? No post de hoje, eu vou tirar todas as suas dúvidas sobre como a aplicação dessa toxina pode manter seus cabelos mais secos, sem comprometer seus treinos.   

O botox vai muito além das rugas

Embora o botox tenha se popularizado devido às aplicações em tratamentos estéticos para amenizar a aparência das rugas, sua indicação é muito mais vasta, sendo utilizado, inclusive, na oftalmologia e na neurologia.

No Brasil, a Anvisa autorizou a utilização da toxina botulínica para o tratamento de hiperidrose, distonia, estrabismo, espasmos, rigidez muscular, as indesejáveis rugas, entre outros. Aliás, foi a partir dos efeitos conquistados no tratamento da hiperidrose nas mãos, pés, axilas e rosto que muitas pessoas passaram a buscar a aplicação do botox no couro cabeludo.

Produção de suor em excesso

Quando a nossa temperatura corporal se eleva, as glândulas sudoríparas entram em ação, para baixar essa temperatura. É a produção do suor que resfria novamente o nosso corpo, após o aquecimento causado pelo calor ou pelos exercícios físicos, por exemplo.

Porém, a quantidade de suor produzido varia em cada indivíduo de acordo com a herança genética, metabolismo, pré treinos etc. Quando essa produção se apresenta de forma exagerada, o quadro se chama hiperhidrose. Mesmo se o suor não for exagerado, podemos usa-lo para controlar as glândulas sudoríparas e manter o couro cabeludo sequinho.  

Cabelos secos por mais tempo

Embora a maioria dos incômodos causados pelo excesso de suor seja proveniente das axilas, elas são responsáveis por expelir menos de 1% desse líquido. São as mãos, pés, virilhas e couro cabeludo as áreas que mais suam no nosso corpo.

Por este motivo, muitas pessoas, mesmo sem hiperidrose, passaram a se interessar nesse tipo de tratamento, a fim de facilitar a manutenção de seus penteados seja após uma caminhada ao sol, seja depois de uma a ida à academia. Já pensou ter de lavar e secar os cabelos, todos os dias, após os treinos? Só essa condição, já impede muitas pessoas de praticar exercícios nos horários de almoço, por exemplo.

Outras vantagens do botox no couro cabeludo

Lavar os cabelos excessivamente pode prejudicar a saúde dos fios. Isso porque o uso de shampoos diariamente pode resseca-los. Assim, a aplicação de botox nessa área diminui a necessidade de lavá-los tão frequentemente, o que acaba ajudando a evitar a queda do cabelo e diminuindo o surgimento do frizz.

Além disso, lavar as madeixas demais diminui a durabilidade das químicas, sejam elas tinturas, ou alisamentos. Com isso, é necessário que você refaça tais procedimentos, em períodos menores de tempo, fragilizando ainda mais seus fios.

A ação do botox

A toxina botulínica, comercialmente conhecida como botox, age diminuindo um neurotransmissor chamado acetilcolina nas sinapses neuronais. Neste caso específico do couro cabeludo, ela diminui a produção do suor, mantendo-o seco por mais tempo. mas pode diminuir também boa parte da oleosidade e favorecer o fechamento de poros (face). 

A técnica consiste em aplicar pequenas quantidades do produto em toda a extensão do couro cabeludo. No entanto, cada sessão é curta e dura em torno de 15 a 20 minutos. Já a duração do procedimento, que varia de acordo com o metabolismo do paciente, mantém seus resultados por 6 a 8 meses.

Certamente, depois de descobrir todas as vantagens de aplicar o botox no couro cabeludo, você deve estar interessada em realizá-lo. Para isso, é fundamental buscar um profissional de confiança para a realização deste procedimento, além de verificar se não há alguma contraindicação específica para você.

Uma recomendação fundamental é procurar por um dermatologista especializado em tratamentos capilares, assim você terá garantias do efeito desejado sem qualquer complicação futura. E você, gostou deste post? Para saber mais sobre tratamentos capilares e como conquistar o cabelo dos seus sonhos, basta me seguir no Facebook ou Instagram!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação