Couro cabeludo descamando: veja aqui o que pode ser!

3 minutos para ler

Um couro cabeludo descamando é um incômodo e tanto. Aliás, é muito desconfortável quando outra pessoa repara que você está com escamas brancas nos cabelos ou caídas nas roupas. No entanto, você sabe quais são as causas desse problema?

Primeiramente, é preciso destacar que o crescimento de procedimentos estéticos realizados nos cabelos, desordens hormonais e até emocionais contribuem diretamente para o aumento no número de pessoas que têm problemas com a caspa.

Neste artigo, vou mostrar as principais patologias que fazem o couro cabeludo descamar. Continue a leitura para descobrir quais são elas e o que fazer para resolver esse problema. Vamos lá?

Caspa

Também conhecida como dermatite seborreica, a caspa é uma doença crônica que provoca coceira, vermelhidão e descamação no couro cabeludo. Ela acontece devido à produção excessiva de oleosidade, que cria um ambiente propício para o crescimento de fungos, como a Malassezia sp. e o Pityrosporum ovale.

Banhos quentes, clima úmido, estresse, alterações hormonais, alimentação gordurosa, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo são fatores que agravam o caso. Além disso, quem faz escova progressiva nos cabelos também tem mais chances de sofrer com a caspa, visto que o desprendimento de escamas é uma reação do organismo para renovar o couro cabeludo após o excesso de calor e química durante o procedimento.  

Psoríase

Doença comum que atinge cerca de 1% da população mundial, a psoríase apresenta, como sintomas, placas vermelhas e que descamam pelo corpo, especialmente nos joelhos, cotovelos, dorso e também no couro cabeludo.

Apesar de os sintomas serem parecidos com a dermatite seborreica, quem sofre com a psoríase tem manifestações muito mais intensas. Por exemplo, as placas são maiores, mais grossas, podem rachar, sangrar e até causar queda de cabelo na região. Como consequência da gravidade, a psoríase é mais difícil de tratar.

Ressecamento excessivo

O couro cabeludo descamando também pode ser sinal de ressecamento excessivo da região, principalmente se essas escamas forem pequenas. Na grande maioria das vezes, esse problema é reversível e acontece em pessoas que têm a pele seca.

Todavia, fatores externos e hábitos inadequados, como o uso excessivo do secador de cabelo e o costume de tomar banho quente e lavar o cabelo várias vezes ao dia, também podem ressecar o couro cabeludo. O uso de shampoo anticaspa pode piorar o quadro, uma vez que ele remove o pouco de oleosidade produzida pelas glândulas sebáceas.

Por isso, procure um dermatologista antes de tentar qualquer solução por conta própria. Com a ajuda de um especialista, é possível fazer o diagnóstico correto do seu caso e aplicar o melhor tratamento, que varia conforme a doença, a gravidade e a extensão das lesões. Dessa forma, você pode ter certeza de que os melhores resultados para a sua saúde capilar serão atingidos.

Ao longo deste artigo, você pôde conferir que um couro cabeludo descamando é consequência de diferentes doenças. Se você está vivendo essa situação, procure um dermatologista para descobrir qual é a causa e identificar o tratamento indicado.

Agora, entre em contato comigo e coloque um ponto final nas escamas que se soltam da sua cabeça! Aproveite!

Posts relacionados

3 thoughts on “Couro cabeludo descamando: veja aqui o que pode ser!

  1. It’s actually a cool and useful piece of information. I’m glad that you just shared this
    helpful information with us. Please stay us up to date like this.
    Thank you for sharing.

  2. Unquestionably believe that which you stated.
    Your favorite reason appeared to be on the net the easiest
    thing to be aware of. I say to you, I certainly get irked while people think about worries that they
    just do not know about. You managed to hit the nail upon the top as
    well as defined out the whole thing without having side
    effect , people can take a signal. Will probably
    be back to get more. Thanks

Deixe uma resposta

Share This