Emagrecimento e queda de cabelo: entenda esta relação!

4 minutos para ler

A relação entre emagrecimento excessivo e queda de cabelo é quase sempre inevitável. Isso normalmente acontece quando se deseja perder muito peso e muito rápido, restringindo a ingestão de macro e micronutrientes essenciais para manter a integridade dos fios.

Recomendo muito cuidado com atitudes extremas, que podem comprometer a sua saúde, incluindo a capilar. Dietas excessivamente restritivas eliminam os elementos vitais para o bom funcionamento do organismo. Assim, a queda dos cabelos é inevitável e surge como um indicativo de que a sua alimentação pode estar deficiente.

Como as dietas de emagrecimento e a queda de cabelo estão relacionadas?

O fio de cabelo é composto basicamente de uma proteína chamada queratina, que compõe cerca de 85% da sua estrutura. Conforme o tipo de dieta adotada, é possível que ocorra diminuição do aporte de proteínas para o corpo todo, inclusive para os cabelos.

Dessa forma, o sistema é forçado a direcionar os nutrientes essenciais para os órgãos vitais. Isso é uma ação inteligente do organismo para garantir a integridade das funções mais importantes. Embora o cabelo também precise dos macronutrientes para manter sua estrutura intacta, não é essencial para a sobrevivência, portanto, é o primeiro a sofrer privação de nutrientes.

Quais são as deficiências nutricionais que provocam a queda?

As proteínas são moléculas essenciais de diversas partes do corpo, inclusive, dos cabelos. Além delas, os minerais e as vitaminas em quantidades insuficientes podem agravar o problema de queda capilar para quem está tentando perder peso. A baixa ingestão de vitaminas do complexo B, além da vitamina D, ferro e zinco influenciam na produção das proteínas do fio e do sebo.

A falta desses nutrientes altera o processo de crescimento capilar e o combate aos radicais livres que danificam os fios. A queda capilar mais acentuada é um sinal de que algo não está bem, portanto, se você notar que há tufos de cabelo caindo, indico a suspensão da dieta e a procura por um especialista para diagnosticar o seu estado de saúde.

Como se pode notar, um problema interfere no outro e ainda produz mais consequências, por isso, é fundamental buscar um especialista para ajudar com uma dieta saudável e rica em nutrientes.

É importante salientar que a queda de cabelo associada ao emagrecimento é temporária e reversível. Geralmente, acontece com a perda de mais que 10% do peso corporal total. Todo cabelo que cai após a eliminação de peso volta a crescer entre 2 e 3 meses, isso é denominado eflúvio telógeno.

Como deve ser uma alimentação saudável para combater a queda de cabelo?

Primeiramente, um alimentação saudável requer acompanhamento especializado. Sugiro, então, que você agende uma consulta com um profissional dessa área (nutrologista e nutrólogo) para que a perda de peso seja segura e inclua todos os nutrientes necessários para proteger a saúde de todo o corpo.

De qualquer maneira, uma boa mesa deve ser sortida com alimentos de grupos variados, incluindo proteína animal (carne, ovos, leite), cereais integrais, aveia, espinafre, cenoura, laranja, abacate, brócolis etc. Esse rico cardápio agrega todas as necessidades diárias para uma alimentação completa, sem comprometer o limite de calorias que você pode ingerir.

Ressalto, ainda, que no período de restrição alimentar, deve-se redobrar o cuidado com produtos químicos usados no cabelo, como tinturas, alisamentos e as intervenções físicas — uso de “chapinha”. Além disso, fique atento a alguns dos maiores inimigos de um cabelo bonito e saudável: o carboidrato refinado (pão e massas brancas), o álcool e o açúcar.

Aliás, esses são vilões perigosos para todo o corpo. Sua ação no organismo eleva os níveis de insulina no sangue, provocando o desequilíbrio de alguns hormônios, o que reflete na saúde capilar. O café também afeta a absorção de ferro, necessário para o crescimento regular dos cabelos.

Conforme vimos, emagrecimento e queda de cabelo estão associados. Por isso, se você decidir fazer uma dieta, é muito importante buscar um especialista caso o cabelo comece a cair mais que o normal. Contudo, antes de iniciar um regime por conta própria, considere a orientação de um profissional nessa área.

Cuide bem da sua saúde e procure sempre profissionais reconhecidos no mercado. Para ficar sempre atualizado sobre as novidades dos tratamentos capilares mais efetivos, siga-nos no Facebook e no Instagram!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This