entenda-a-relacao-entre-cabelo-branco-e-empoderamento-feminino.jpeg

Entenda a relação entre cabelo branco e empoderamento feminino

Desde o surgimento das colorações capilares as mulheres mais maduras vem se “escondendo” o amadurecimento atrás das cores. O argumento que justifica o gesto é esconder as marcas da idade demonstradas pelos cabelos brancos e, às vezes, pela queda, com o objetivo de manter uma aparência mais jovem.

No entanto, tudo está em evolução! A coloração branca, naturalmente adquirida com os anos, vem ganhando outros significados perante os olhos da sociedade. Aos poucos, ela se relaciona com o conceito de empoderamento feminino.

Se quiser entender mais sobre o assunto, continue lendo este post que preparamos para você.

Cabelo e empoderamento: qual é a relação?

Meu cabelo não é só uma parte do meu corpo, ele também conta um pouco da minha história e das minhas preferências, sejam elas referentes às ideias que tenho ou àquilo que pratico como estilo.

Nesta ótima matéria do blog Declara, várias moças são convidadas a contar sobre suas experiências com cabelos que podem ser considerados como “fora do padrão”. Ou seja, eles não são necessariamente longos e lisos e, tampouco, possuem cores convencionais.

O texto deixa bem claro o quanto essas mulheres já foram criticadas por não atenderem os padrões mais ortodoxos da nossa sociedade. Mas elas se mantem firme porque não estamos falando apenas da cor dos fios. Estamos, no fundo, falando de uma escolha que deve ser respeitada porque traduz liberdade para as mulheres.

Colorir os cabelos por opção é ótimo! Mas não colorir também é maravilhoso. Isso reforça a segurança e a autoestima femininas. E não significa descuido de jeito nenhum! Cabelos brancos são mais frágeis, ressecados e exigentes… O shampoo tem que ser diferente para não ficar amarelado, a proteção solar tem que ser mais disciplinada também…

Enfim, quando uma mulher assume para a sociedade que ela tem o tipo de cabelo que deseja ter, a ordem se inverte. Afinal, é tradicionalmente esperado que as mulheres correspondam a um padrão estético. E esse modelo geralmente é ditado pelo gosto masculino.

Por que manter o cabelo branco?

Lembre-se: a manutenção ou não dos cabelos brancos é uma escolha totalmente sua. Muitas mulheres não querem ficar “escravas” do salão e ter que frequentar de 15 em 15 dias para retocar as raízes. Outras não toleram a idéia dos fios brancos porque se sentem muito envelhecidas. OK!!!! O intuito deste texto não é levantar nenhuma bandeira, apenas mostrar que essa opção é tão válida quanto qualquer outra.

Enfim, listamos abaixo alguns benefícios de se ter as madeixas grisalhas:

  • usar colorações com um intervalo muito curto pode agredir os cabelos 
  • ter cabelo branco mostra confiança em si mesma;
  • manter os cabelos naturais demonstra segurança com a própria imagem 
  • assumir os cabelos brancos reforça a necessidade de mudança na nossa sociedade 
  • assumir os cabelos brancos significa que você não aceita rótulos

Quem já aderiu ao cabelo branco?

Ser grisalha não é sinal de velhice, de desleixo ou de cansaço: isso é um mito antiquado. Prova disso são algumas mulheres incríveis que já aderiram ao visual: Meryl Streep teve madeixas icônicas no filme “O Diabo veste Prada”; a atriz Vera Holtz também já optou pelo visual; Christine Lengarde, do FMI, é mais uma grisalha de respeito, além de Cássia Kiss, que também tem um corte grisalho e curtinho, entre tantas outras mulheres, famosas ou não, que já optaram pelo look.

Enfim​, mais importante do que ter o cabelo branco ou colorido é se amar completamente. Com os devidos cuidados e tratamentos, seu penteado pode mostrar a sua força e sua personalidade. E não se esqueça: ser empoderada é ter controle de suas atitudes e manifestar suas próprias vontades!

Gostou do post? Quer entender mais sobre esse e outros temas? Então, assine a nossa newsletter para receber novidades direto no seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação