foliculite-e-dermatite-seborreica-entenda-as-diferencas-e-tratamentos-indicados.jpeg

Foliculite e dermatite seborreica: entenda as diferenças e tratamentos indicados

Você, provavelmente, já deve ter ouvido falar em foliculite e dermatite seborréica… Sabe qual é a diferença entre essas duas doenças??? Já recebeu esse diagnóstico???

A maioria das pessoas acha que são dois nomes para a mesma condição, mas existem muitas diferenças entre uma patologia e outra, as quais esclarecerei agora. Continue a leitura e entenda!

O que é foliculite?

Como a própria terminação do nome já sugere, a foliculite é uma inflamação no folículo piloso, ou seja, a região que dá origem ao pelo/cabelo. A foliculite pode acontecer em qualquer parte do corpo, mas é mais comum nas áreas mais seborréicas, como o couro cabeludo.

Causa

A principal causadora dessa infecção é uma bactéria comumente encontrada em lesões na pele chamada de Staphylococcus aureus. Além dela, também existem outros patógenos que podem causar estragos, como vírus, fungos e outras bactérias, especialmente as gram-positivas.

Sinais e sintomas

A foliculite é muito comum nas áreas depiladas por gilete ou cera quente ou laser. Não é difícil encontrar um pontinho vermelho e dolorido ao redor do pelo após esse tipo de procedimento. A região pode apresentar ou não a formação de crosta ou pus. Os principais sinais e sintomas são dor (incômodo), coceira, aumento da sensibilidade e desconforto.

Onde aparece

Como já foi dito, a foliculite pode aparecer em qualquer parte do corpo que tenha pelo, mas existem regiões que estão mais propensas, como axila, virilhas, nádegas, couro cabeludo e dorso

O que é dermatite seborréica?

Conhecida popularmente como caspa ou seborréia, a dermatite seborréica é uma inflamação da pele associada a descamação furfurácea discreta e à coceira. 

Causa

A casa de dermatite seborréica não está bem esclarecida, mas existe uma grande influência de fatores imunológicos. É mais comum em áreas comde grande concentração de glândulas sebáceas e surge a partir da interação com fungos. 

Outros fatores associados ás crises de dermatite seborréica são:

  • estresse;

  • uso de álcool;

  • consumo de certos medicamentos;

  • temperatura ambiente baixa;

  • alergias;

  • fadiga.

A presença de um fungo chamado Pityrosporum ovale não é um inidicativo da doença. mas certamente a taxa de  proliferação está aumentada nessa condição.

Sinais e sintomas

Os principais sintomas dessa patologia são eritema, descamação e coceira nas áreas de dobra. Pode ocorrer também queda de cabelo, mas não é raro.

Quais as diferenças entre foliculite e dermatite seborreica?

Depois de uma rápida leitura sobre os conceitos de cada um desses problemas, foi possível notar como eles podem ser diferentes. Por exemplo, a dermatite seborreica é uma espécia de caspa que se manifesta fora do couro cabeludo. .

Essas duas situações costumam ser bastante confundidas porque ambas são provocadas por inflamação, mas a aparência e o tratamento são bem diferentes.

Quais as formas de tratamento?

Tanto o diagnóstico da foliculite quanto o da dermatite seborréica devem ser feitos por um especialista, ou seja, pelo dermatologista. O tratamento da dermatite seborréica inclui a suspensão do uso de produtos cremosos ou oleosos no corpo. No caso da foliculite, parar com a depilação durante o tratamento também é necessário.

Dependendo da causa, o médico poderá prescrever medicamentos específicos, como antibióticos ou antifúngicos(se o causador for um fungo).

Gostou de saber um pouco mais sobre foliculite e dermatite seborreica? Então vai gostar de saber também como a irritabilidade no couro cabeludo se estabelece e como tratá-la!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação