gravida pode pintar o cabelo gravida pode pintar o cabelo

Afinal, grávida pode pintar o cabelo? 

3 minutos para ler

Para garantir a segurança da mãe e do bebê, é indispensável se manter atenta a alguns cuidados extras com a saúde e hábitos durante a gestação. É nesse momento que surgem dúvidas como: Grávida pode pintar o cabelo? Quais tipos de coloração podem ser usadas? Isso prejudica o formação do feto?

Fazer essas perguntas é muito importante antes de tomar uma decisão, especialmente nas primeiras semanas de gravidez, quando o feto ainda está bem no início da formação e exige mais cuidados para que esse processo não tenho complicações.

Visto a frequência dessas dúvidas, preparamos um conteúdo completo para ajudar você com essas questões. Quer descobrir se grávidas podem ou não tingir os fios? Confira a seguir!

Descubra o que os especialistas dizem sobre o assunto

O uso de coloração não é sempre prejudicial ao feto. Isso depende do tipo de produto utilizado e momento da gestação. Os médicos recomendam evitar aplicação de tinturas até o primeiro trimestre, uma vez que antes disso pode atrapalhar na formação da criança.

Após esse período, as colorações podem ser aplicadas, mas sempre com alguns cuidados. Mas não deixe de conversar com seu médico a respeito antes de ir ao salão colorir os fios. Cada situação é diferente e deve ser avaliada por um profissional para garantir a saúde da mãe e do bebê.

Saiba quais cuidados extras você deve tomar

Apesar de ser liberado tingir os fios após certo período, ainda é necessário tomar algumas precauções para que isso não traga complicações durante a gravidez, como:

Escolha bem o tipo de produto

Para que a aplicação de coloração seja segura é indispensável saber quais produtos escolher. Você deve utilizar tinturas não permanentes, que não contenham amônia, metais pesados e outras substâncias fortes.

Prefira a utilização de hennas naturais. As luzes também são permitidas por serem feitas de maneira que o produto não entre em contato direto com o couro cabeludo.

Evite ao máximo o contato com as químicas

Mesmo escolhendo bons produtos para utilizar, o ideal é evitar ao máximo o contato com as sustâncias presentes nele. Ele deve ser aplicado sempre a certa distância da pele e couro cabeludo, além de escolher um local arejado para não inalar a química.

Busque um bom profissional

A busca por um profissional qualificado para realizar esse trabalho tem um papel fundamental para que todos esses cuidados sejam seguidos corretamente, evitando também situações prejudiciais, como deixar o produto mais tempo que o recomendado.

Não exagere na frequência

Outra precaução muito importante é não exagerar na frequência das colorações. Escolha sempre retocá-la a cada 45 dias ou mais. Isso serve não só para evitar contato com as químicas, mas também para não danificar ainda mais os fios que já tendem a ficar fragilizados durante esse período devido às alterações hormonais.

Por tanto, se você está no período de gestação ou pretende engravidar, já sabe que grávida pode colorir os cabelos sim, mas sempre com diversos cuidados para que esse momento seja tranquilo e seu bebê possa nascer saudável.

Gostou de conferir esse conteúdo? Aproveite para conferir também quais as causas de queda de cabelo durante a gravidez!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Share This