Intradermoterapia capilar: como funciona e quando é indicada?

4 minutos para ler

A queda de cabelo excessiva é uma patologia que afeta grande parte da população, inclusive as mulheres. Soma-se a isso a presença de uma rotina corrida, a alta carga de estresse sofrida no dia a dia e a dificuldade em alinhar o trabalho, a família e os cuidados pessoais. Tudo isso gera resultados não muito favoráveis à saúde da pele e do cabelo.

Uma das formas de resolver esse problema e aumentar sua autoestima é investir na intradermoterapia capilar, um tratamento clínico que combina a aplicação de substâncias ativas no couro cabeludo para interromper a queda de cabelo.

Sabendo da importância de conhecer o método, desenvolvi este artigo com as principais dúvidas sobre a técnica. Continue lendo e confira!

O que é a intradermoterapia capilar?

Esse tratamento, também conhecido como MMP (Microinfusão de Medicamentos no Couro Cabeludo), é um método clínico que consiste na aplicação de substâncias ativas no couro cabeludo, por meio de pequenas agulhas, com o objetivo de diminuir consideravelmente a queda de cabelo.

Ainda, a técnica auxilia na nutrição dos fios e interfere diretamente no crescimento capilar, estimulando o progresso. Isso acontece porque existe uma alta concentração de vitaminas e minerais na mistura dos fármacos. Nesse sentido, por não ter a chance de ser metabolizada pelo organismo, a técnica garante bons resultados e atinge uma distribuição efetiva.

Como ela funciona?

O tratamento é feito com a aplicação de diversas microagulhas que penetram no couro cabeludo, de maneira superficial, injetando pequenas doses do medicamento — uma combinação de fármacos que permite a vasodilatação, o fortalecimento do bulbo capilar e o estímulo da produção de colágeno — na região selecionada. A quantidade de sessões depende do nível do desenvolvimento da alopecia.

É importante ressaltar a necessidade de ter um acompanhamento médico de qualidade para realizar o tratamento. De acordo com uma pesquisa publicada no Surgical & Cosmetic Dermatology, a análise dos benefícios, eficácia e segurança da intradermoterapia, junto a uma análise profunda do paciente, é fundamental para atingir bons resultados.

Além disso, um tratamento com um profissional qualificado reduz consideravelmente os riscos de desenvolver infecções no couro cabeludo, visto que é uma técnica que o deixa exposto.

Quais são suas vantagens?

Uma de suas principais vantagens é apresentar uma rápida resposta do organismo, já que o fármaco não precisa passar pelos mecanismos de absorção do corpo, sendo mais efetivo e seletivo, o que reduz consideravelmente os riscos de efeitos colaterais.

Ainda, o método se mostra bastante eficiente no tratamento de cabelos que sofreram com químicas pesadas, como alisamento e descolorações. Isso porque a aplicação local influencia diretamente na síntese e formação dos fios, estimulando a produção de nutrientes e vitaminas essenciais para a formação de um cabelo bonito e saudável.

Para facilitar a compreensão, listei os melhores benefícios do método abaixo:

  • controla e reduz a queda de cabelo;
  • diminui a alopecia androgenética;
  • acelera o crescimento do cabelo e estimula a produção de novos fios;
  • melhora a estrutura da haste capilar;
  • aumenta a densidade e o volume das madeixas.

Qual é a duração do tratamento?

A técnica é indicada para quem sofre com a queda de cabelo, com problemas pós-químicas e dermatite seborreica. Nesse sentido, pode ser feita tanto por homens quanto por mulheres, e o tempo de tratamento depende do nível de danificação dos fios.

Tenha em mente, também, que casos mais graves podem exigir uma combinação entre as aplicações diretas e tratamentos orais com o intuito de potencializar um bom resultado.

A intradermoterapia capilar é um tratamento eficaz contra a queda de cabelo e enfraquecimento dos fios, estimulando a produção de nutrientes e vitaminas essenciais para conquistar cabelos saudáveis. Lembre-se de procurar um médico dermatologista que tenha experiência na área para realizar o procedimento com segurança!

E aí, gostou das minhas dicas? Tem alguma dúvida sobre o tratamento? Entre em contato comigo! Ficarei feliz em ajudar.

Posts relacionados

4 thoughts on “Intradermoterapia capilar: como funciona e quando é indicada?

  1. I抎 have to verify with you here. Which isn’t something I normally do! I get pleasure from reading a put up that may make people think. Also, thanks for allowing me to remark!

  2. A lot of thanks for your whole hard work on this web site. My mother loves engaging in research and it is easy to see why. Almost all learn all of the dynamic ways you produce informative guidelines on your website and as well as invigorate participation from others on this concept and my girl is truly discovering a lot. Have fun with the rest of the new year. You are doing a remarkable job.

  3. Hi! I could possibly have sworn I’ve been to this site before but after reading through several of the post I realized it’s a new comer to me.

    Anyhow, I’m definitely delighted I found it and I’ll be book-marking and checking back frequently!

    Here is my web site LinaNLomay

Deixe uma resposta

Share This