o que é dermatoscopia o que é dermatoscopia

Descubra agora o que é dermatoscopia e como esse exame é feito

4 minutos para ler

Se você já foi ao dermatologista, certamente se recorda de um exame específico da área, muito comum nos consultórios: a dermatoscopia. Realizado por um aparelho chamado dermatoscópio, esse procedimento permite ao médico analisar, em detalhes, a pele e os cabelos. Mas, afinal, o que é dermatoscopia e qual a importância desse exame?

Para responder a essa pergunta, verificaremos as principais características do exame. Ao final do artigo, você saberá como ele é feito, quando é indicado e quais cuidados devem ser tomados. Continue lendo para saber mais!

O que é dermatoscopia?

A dermatoscopia é um método específico de visualização da pele, com o auxílio de um microscópio portátil. Quando ela é realizada no couro cabeludo, o nome dado é tricoscopia. O aparelho funciona como uma lente de aumento, com iluminação própria, semelhante a uma lupa; no entanto, seu objetivo é mais do que apenas ampliar o campo de visão.

Na dermatoscopia, um médico treinado consegue analisar aspectos específicos da pele e dos cabelos. É possível identificar características de algumas doenças e avaliar, por exemplo, se há afinamento ou rarefação capilar. Por esse motivo, o exame é especialmente importante na avaliação da queda de cabelo.

Existem dois tipos principais de dermatoscopia: a digital e a manual. A primeira transfere as imagens para um computador, permitindo gravação e reprodução; a segunda é realizada sem esse registro, apenas com a avaliação do profissional. Embora a dermatoscopia digital pareça mais moderna, não há diferença de eficácia entre as duas.

Quando a dermatoscopia está indicada?

A dermatoscopia é útil tanto no diagnóstico quanto no acompanhamento de doenças, sendo especialmente útil para diferenciar possíveis condições.

Peguemos como exemplo a queda de cabelo: quando você chega ao consultório com essa queixa, a princípio, a percepção dessa queda é apenas subjetiva. É preciso lembrar que uma pequena queda de cabelo (de cerca de 100 fios por dia) é natural e esperada. Como saber se sua queda é normal ou patológica?

A tricoscopia é essencial para tirar essa dúvida. Ela possibilita a visualização de várias características dos fios e do couro cabeludo, que aumentam muito a acurácia do diagnóstico em mãos experientes. A tricoscopia só tem valor caso o médico saiba como é um couro cabeludo alterado e como é um couro cabeludo normal. Muitos terapêutas capilares acham que toda vermelhidão significa inflamação. Mas pode ser simplesmente os vasos sanguíneos que surgiram após exposição solar (ao longo da vida). Outra alteração de difícil avaliação é a quantidade e espessura dos fios, essencial para categorizar o paciente como portador de calvície. Esse diagnóstico é importante, tem muitas implicações psicológicas e na autoestima e deve ser dado com extremo cuidado.

Além disso, a dermatoscopia também será útil no acompanhamento do tratamento: será possível verificar se os mesmos parâmetros do momento do diagnóstico estão melhorando, piorando ou se mantendo estáveis. Com isso, a dermatologista sabe precisamente quando deve manter ou trocar o tratamento utilizado.

Quais cuidados ter com o exame?

A dermatoscopia não é invasiva e não exige preparação. faz parte do exame físico do dermtologista. Ela é considerada um exame de baixo custo e alta eficácia diagnóstica.

No entanto, a dermatoscopia é altamente subjetiva — ou seja, depende da avaliação do profissional que está realizando o exame. Por isso, caso ele tenha pouca experiência na interpretação do exame, o diagnóstico pode ser comprometido.

É fundamental contar com uma dermatologista de confiança e experiência na área. Em Belo Horizonte, um exemplo é a dra. Amanda Gomes, dermatologista especializada em calvície feminina. Seu consultório está localizado na Savassi, no coração da capital mineira, e está preparado para atender você em um ambiente moderno e inovador.

Saber o que é dermatoscopia faz toda a diferença na hora da consulta. Com ela, a dermatologista consegue aproximar melhor o diagnóstico e acompanhar o tratamento de forma mais objetiva e eficaz. Prezar pela experiência do profissional nesse momento é fundamental para não ter erros no exame.

Se você quer tratar de sua pele e cabelos com maestria, não perca tempo: marque já uma consulta com a dra. Amanda Gomes[A1] !

[A1]

Posts relacionados
Share This