óleo de argan óleo de argan

Veja porque o óleo de argan vai repaginar o seu cabelo!

5 minutos para ler

O óleo de argan se tornou um favorito dos cabeleireiros, inclusive daqueles que cuidam das madeixas das celebridades. Esses profissionais que entendem do assunto confiam no produto por conta de suas propriedades importantíssimas para a vitalidade dos cabelos.

Por exemplo, o óleo de argan tem moléculas de médio peso que deixam o cabelo mais sedoso. Além disso, ele é bastante versátil, podendo ser usado na pré-lavagem e até na finalização.

Quer conhecer mais sobre essa substância? Acompanhe o artigo para conhecer a origem do óleo de argan e entender quais são os seus benefícios e como ele pode ser aplicado na rotina de cuidado dos cabelos. Confira!

Óleo de argan, ou tesouro do oriente

O óleo de argan é extraído de uma árvore chamada Argania Espinosa. Ela cresce e dá frutos, os quais são usados para a extração do óleo. Embora no Brasil o produto tenha chegado há pouco tempo, ele já era bastante conhecido na região dos Marrocos, no norte da África, tendo o nome de “tesouro do oriente”.

Estima-se que, há muitos séculos, o óleo de argan era usado pelos reis para revitalizar a saúde corporal. Sabe-se também que as mulheres tinham o hábito de passá-lo na pele para deixá-la ainda mais viçosa. É considerado o óleo mais caro na culinária.

Os benefícios do óleo de argan

O óleo de argan, como vimos, já tem sido usado há muito tempo, antes mesmo de a ciência comprovar os seus benefícios. Então vamos conferir mais vantagens do seu uso.

Brilho

O óleo de argan dá brilho aos cabelos graças à sua capacidade de manter as cutículas blindadas. Isso acontece porque esse óleo é rico em ácidos graxos que fazem uma cobertura das cutículas permitindo uma reflexão bem homogênea da luz. Isso gera uniformidade da superfície e brilho.

Umectante natural

O óleo de argan também deixa os cabelos mais suaves e sedosos. Isso porque ele é uma fonte rica de vitamina E, um antioxidante que protege o cabelo dos efeitos causados pelo sol, pela poluição e pelo vento. O resultado disso é um cabelo com menos pontas duplas e menos frizz.

Proteção contra danos

Os antioxidantes presentes no óleo de argan também protegem o cabelo contra danos. Essas substâncias formam uma verdadeira blindagem dos fios e evitam a penetração do cloro e a saída da pigmentação que confere a cor natural do cabelo.

As principais indicações para o óleo de argan

Para usar nos cabelos, o óleo de argan é extremamente dinâmico. Ele pode ser usado tanto em procedimentos de pré-lavagem quanto na finalização. Vamos ver a seguir algumas dicas para usá-lo no dia a dia ou em ocasiões especiais.

Antes do xampu

O óleo de argan pode ser usado momentos antes de aplicar o xampu para limpar o cabelo. Para isso, você precisa usar um quantidade que seja suficiente para umectar o comprimento dos fios sem deixar cair na superfície do couro cabeljudo.

Você deve passar o óleo no cabelo, massageando mecha por mecha sempre de cima para baixo. Aguarde mais ou menos 50 minutos e em seguida lave o cabelo com seu xampu habitual. Concentre o xampu sempre no couro cabeludo. Ao passar pelos fios ele vai tirar o excesso de óleo mas não vai conseguir retirar o 18-MEA, que é um lipideo natural super importante na saúde dos fios.

Ingrediente a mais na máscara capilar

A máscara capilar é um importante produto para revitalizar e deixar o cabelo ainda mais sedoso, e esse efeito pode ser potencializado com o uso do óleo de argan. Para isso, basta misturar de 4 a 5 gotas do produto para mais ou menos uma colher de sopa de máscara capilar.

Misture bem e passe no cabelo já higienizado. É importante evitar que a máscara tenha contato com o couro cabeludo. Em seguida, utilize uma touca térmica por mais ou menos 20 minutos. Depois disso, enxágue normalmente. Lembrando que as máscaras e manteiga são mais densas e os fios não devem sem penteados quando estiverem cobertos com esse produto para evitar microtraumatismos nas cutículas.

Reparador de pontas

As pontas duplas ou enfraquecidas dos cabelos preocupa muitas mulheres. Afinal, essas características podem dar a impressão de cabelo maltratado ou de que há insuficiência de nutrição.

Nesse sentido, é importante buscar ajuda com o óleo de argan. Ele pode ser usado para reparar as pontas, utilizando apenas duas gotas na palma da mão. Esfregue as mãos e em seguida aplique nas pontas do cabelo. As pontas duplas não podem ser restauradas porque de fato houve uma quebra na cutícula e no córtex do fio. mas o aspecto final é bem melhor… ate chegar o dia do corte das mesmas.

Cachos mais modelados

Ter cachos bonitos e sedosos é um dos desejos de muitas mulheres, e o óleo de argan pode ajudar nisso; basta usar poucas gotinhas do produto no seu creme de pentear. Faça uma mistura entre os dois, espalhe nos fios e retire o excesso de umidade com uma toalha. Deixe secar naturalmente.

É importante destacar que o óleo de argan é bem eficiente, mas a saúde dos cabelos começa de dentro para fora. Isso quer dizer que é preciso manter uma boa alimentação, lavar com frequência, usar bons cosméticos, ter equilíbrio no uso de medicamentos e evitar sol nos fios e no couro cabeludo. Também, evite secador e economize nos procedimentos químicos, tais como alisamentos e colorações.

Quer conhecer mais sobre os óleos usados em tratamentos de cabelo? Leia agora mesmo nosso artigo sobre os óleos essenciais!

Posts relacionados
Share This