quais-produtos-quimicos-causam-mais-queda-de-cabelo.jpeg

Quais produtos químicos causam mais queda de cabelo?

Se você já teve queda de cabelo certamente já cogitou a hipótese dela ser provocada por algum produto químico, não é mesmo? É normal encontrarmos um ou outro fio de cabelo no ralo do banheiro ou na escova. Mas é bom ficar de olho para se esse volume não está aumentando ao longo do tempo. Caso esteja, isso pode ser resultado de produtos químicos. Conheça hoje os principais “vilões” quando o assunto é a queda de cabelo:

I. Alisantes

Na saga por estar bonita e cuidar dos cabelos, muitas mulheres investem no alisamento e modelagem. O que poucas sabem é que esse tipo de medida pode quebrar os fios, deixar os cabelos mais fracos e fazer com que se soltem com mais facilidade. Veja os principais ativos que podem causar isso:

1. Tioglicolato

O tioglicolato é um sal do ácido tioglicólico e muito usado para os alisamentos de cabelo. Ele pode ser uma ótima solução para quem tem os cabelos encaracolados mas não necessariamente crespos. Esse produto não deve ter contato com o couro cabeludo pelo risco de queimadura. Mesmo quando aplicado corretamente ele pode quebrar os fios.

Além disso, se você não ficar satisfeita com o resultado, pode enfrentar dificuldade em mudar a situação. Como a substância quebra as ligações de enxofre entre os aminoácidos da queratina os cabelos têm o formato modificado definitivamente. Para voltar ao formato original temos que esperar o fios crescerem novamente.

2. Hidróxido de sódio

Essa base é muito utilizada em vários processos comuns, como a fabricação de papel, detergente, sabão, etc. Também é conhecida como soda. Está indicada para cabelos com alto grau de encrespamento. Esses cabelos precisam de produtos agressivos para romper as ligações de enxofre dos aminoácidos.

O processo pelo qual o hidróxido de sódio age se chama lanolização. Além de romper as pontes de enxofre, a soda retira um desses aminoácidos e forma uma estrutura completamente nova. 

Como tem ação corrosiva, a substância pode provocar coceira, vermelhidão, descamação, ardência, queimadura e queda dos fios quando entra em contato com o couro cabeludo. O uso prolongado, com técnicas inadequadas, pode causar a quebra dos fios.

No entanto, alguns tipos de cabelo só vão mudar a textura com um hidróxido. 

3. Hidróxido de guanidina

Essa é uma substância que age da mesma maneira da soda cáustica. Portanto tem os mesmos riscos e benefícios do hidróxido de sódio.

II. Escovas Progressivas

Os produtos utilizados nas escovas progressivas também podem provocar a queda dos fios. É bom ter cuidado e ficar de olho, pois muitos deles não são autorizados pela Anvisa, considerando os danos que podem trazer para saúde. 

4. Formaldeído

Também conhecido como formol, o formaldeido é a menor molécula da família dos aldeídos, a mais potente e a com odor mais forte. Apesar de fornecer um belo resultado para os cabelos, pode causar queda dos fios nos dias que se seguem ao procedimento. A proibição pela ANVISA se deve ao fato de ser um aldeído altamente volátil, que causa irritação das vias aéreas superiores e inferiores, além de ser tóxico para a medula óssea. 

5. Glutaraldeído

Esse é um outro aldeído, cuja molécula é menor que o formol e menos potente. Também é usado nas progressivas porque têm a capacidade de impermeabilizar os fios. Quando em contato com o couro cabeludo pode causar irritabilidade e alergia, além de um eflúvio temporário. 

6. Ácido glioxílico

Também é da família do formol e muitas vezes tem o nome mascarado nas fórmulas como carbocisteína. 

Carbocisteína na verdade é o sobrenome do ácido glioxílico. É uma junção de aminoácidos, motivo pelo qual muitos salões alegam que fazem progressiva sem formal, a base de aminoácidos. 

Infelizmente, em contato com o couro cabeludo também precipita uma queda temporária.

III. Fique de olho!

De acordo com a legislação os produtos alisantes (não as progressivas) são permitidos, mas machucam muito os fios e facilmente partem os cabelos. 

Já os aldeídos das progressivas deixam os fios com um brilho maravilhoso mas são irritativos para as vias aéreas e tóxicos para o corpo.

Talvez seja a hora de repensarmos o uso desses produtos!!!

Por que não assumir os cachos?

Se você ainda está em dúvida quanto algum produto ou atuação no cabelo, comente no espaço abaixo. Assim podemos ajudar você a esclarecer! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação