tricologia-o-que-e-para-que-serve.jpeg

Tricologia: o que é? Para que serve?

Você sabe o que é tricologia? O nome é diferente, pode até assustar um pouco, mas essa é uma área da Dermatologia (especialidade Médica) que visa solucionar os problemas dos cabelos e couro cabeludo.

Sim, a tricologia é a ciência que estuda os cabelos! Esses estudos se iniciaram em 1902, na Inglaterra, e só agora vêm se popularizando no Brasil.

Cuidar dos cabelos é importante para a autoestima de qualquer pessoa, sejam mulheres ou homens. Os problemas capilares vão muito além da estética. Eles representam de fato problemas na saúde, seja hormonal, nutricional ou metabólico. Por esse motivo precisam ser identificados e tratados.

1. Para que serve a tricologia?

A tricologia estuda e encontra soluções para diversos distúrbios capilares, como queda e quebra dos fios, caspa, infecções e problemas no couro cabeludo.

O problema mais recorrente é a queda de cabelo. Existem dezenas de motivos para que isso aconteça. O médico tricologista consegue identificar a causa e encontrar o tratamento específico para ela. Afinal de contas a investigação de toda queda de cabelo precisa começar com exames de sangue.

É uma área que atrai curiosos. Não deixe seus cabelos nas mãos de leigos. Tricologia é coisa séria!

2. A tricologia no Brasil

O Brasil sempre se destacou na área de tratamentos estéticos, e com a tricologia não é diferente. Devido à grande diversidade de cabelos brasileiros, os conhecimentos na área estão se aprofundando cada vez mais.

Apesar de a tricologia ainda não ser tão popular por aqui, os estudos são bem avançados e oferecem resultados muito eficazes. Temos que procurar os médicos dermatologistas especializados nesse assunto. O Brasil tem grandes profissionais na área, desde a parte clínica até a parte cirúrgica, de transplante capilar. 

3. Quais profissionais podem se especializar nessa área?

Quando se fala em problemas capilares a maioria das pessoas se queixam com os cabeleireiros. Eles são excelentes referências mas nem sempre conseguem resolver tudo que envolve a queda dos fios. Nesse ponto os dermatologistas podem ajudar muito, especialmente aqueles que se dedicam a área de tricologia.

Outros profissionais como esteticistas também estudam tricologia. Mas a abordagem costuma ser menos completa. Afinal de contas a investigação das causas de queda dos cabelos incluem exames de sangue, dermatoscopia e biópsia do couro cabeludo, atribuições exclusivas dos médicos. 

4. Calvície feminina

A calvície feminina existe e é mais comum do que se imagina. O nome científico é alopecia androgenética feminina. 

A calvície feminina se manifesta como rarefação dos fios na parte frontal do couro cabeludo. Existe tratamento! Mas o ideal é que ela seja diagnosticada bem precocemente.  O sucesso do tratamento depende disso. 

O transplante capilar é uma alternativa. Mas nem sempre é possível porque o paciente tem que possuir uma área doadora boa e saudável!

Se você tem problemas capilares e não consegue identificá-los ou resolvê-los, não deixe de procurar um profissional.

Se gostou de saber o que é tricologia, assine nossa newsletter para receber mais dicas e informações como essa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Navegação